Bolo de beterraba e chocolate vegano

segunda-feira, 4 de dezembro de 2017

Bolo de chocolate e beterraba vegano
Com cobertura de ganache fica lindo :-)

Sim, é ele, o bolo preferido dos meus filhos, aquele que a gente faz toda semana, só que em versão vegana. E, sabe do que mais? Fica tão bom quanto o original. Meus pequenos adoraram - e você sabe como eles são enjoados chatos exigentes.

Bolo de chocolate e beterraba vegano
Com cobertura quebradiça de chocolate fica nhaaaammm

Fica muito fofo, leve, úmido. É chocolatudo e doce na medida. "Mas tem gosto de beterraba?" Bom, eu já não sei dizer. Há quem diga que sim, há quem jure que não. Melhor você fazer e tirar as suas conclusões.

Bolo de chocolate e beterraba vegano fatiado
Receita minha :-)

Ingredientes:

1 1/4 de xícara de farinha de trigo
3/4 de xícara de cacau em pó não adoçado
3/4 de colher de chá de fermento químico
3/4 de colher de chá de bicarbonato de sódio
1 pitada de sal
1 1/3 de xícara de açúcar demerara*
1/2 xícara (chá) de café passado na hora
1/2 xícara de óleo vegetal de sabor suave
1 colher (chá) de extrato de baunilha
1 colher de chá de vinagre de maçã
250 g de beterraba cozida em cubos

Modo de preparo:

Preaqueça o forno a 180ºC. Unte com óleo e polvilhe com farinha de trigo a forma que pretende usar (uma forma de bolo inglês com 23 cm X 6,5 cm X 10 cm é suficiente).

Em uma tigela grande, peneire juntos a farinha, o cacau, o fermento, o bicarbonato e o sal e misture bem com um fouet.

No liquidificador, bata o restante dos ingredientes por uns 5 minutos ou até obter uma mistura homogênea.

Junte a mistura líquida à seca e mexa somente até a massa ficar homogênea.

Verta a massa na forma preparada e asse até o bolo passar no teste do palito.

Deixe esfriar na forma completamente antes de servir.

Bolo de chocolate e beterraba vegano
Olha a cor desse bolo! Olha o brilho dessa cobertura! Ai, ai.

Observações finais:

* Na minha casa preferimos doces um pouco menos doces. Assim, recomendo que você prove a massa e eventualmente acrescente mais açúcar se achar que precisa.

* Como eu sou sua amiga, vou repetir a dica do post do bolo de cenoura e dar duas opções de cobertura pra você: ganache e cobertura de chocolate quebradiça.

Para a ganache, junte em uma tigela 170 g de chocolate amargo (sem ingredientes de origem animal), 1/4 de xícara de leite de coco e 2 colheres (sopa) de xarope de bordo. Derreta em banho-maria ou no micro-ondas, em intervalos de 15 segundos. Mexa até homogeneizar. Tchanan! Pode cobrir o bolo.

Para a cobertura quebradiça, junte em uma panelinha 3 colheres (sopa) de óleo de coco, 4 colheres (sopa) de leite de coco e 1 1/2 colheres (sopa) de cacau em pó. Leve ao fogo mexendo sempre até ferver. Desligue o fogo e acrescente 1/2 colher (chá) de extrato de baunilha e, aos poucos, 1 1/4 de xícara de açúcar impalpável, misturando bem até ficar uniforme. Tchanan! Pode cobrir o bolo.

* Nunca ouviu falar em açúcar impalpável? Eu também não tinha ouvido falar até um tempo atrás. Ele é uma mistura de açúcar super fino e um pouco de amido de milho. Para fazer, pulse no processador 1 xícara de açúcar demerara com 1 colher (sopa) de amido de milho até o açúcar ficar beeeem fininho.

Brownies com chocolate branco e nibs de cacau

quarta-feira, 29 de novembro de 2017

Hoje em dia não é qualquer receita de brownie que me chama a atenção. Depois que descobri a minha fórmula preferida, fiquei besta e não me deixo seduzir tão fácil. Mas, craro, a coisa muda de figura quando a receita é do oráculo. E, melhor ainda, quando é receita autoral.

Estes brownies têm uma textura incrível. Uma combinação de sabores perfeitamente equilibrada. É um teletransporte para o paraíso, com direito a unicórnios galopantes e coro de anjinhos cantando. Pena que dura pouco. :-/

Brownies com chocolate branco e nibs de cacau
Receita daqui

Ingredientes:

170 g de manteiga sem sal
170 g de chocolate amargo bem picadinho (usei um com 73% de cacau)
200 g de açúcar
1 colher (chá) de extrato de baunilha
3 ovos grandes, temperatura ambiente
105 g de farinha de trigo
30 g de cacau em pó, sem adição de açúcar (peneire antes de usar)
¼ colher (chá) de fermento em pó
1/8 colher (chá) de sal
100g de chocolate branco em gotas ou pedaços pequenos (piquei uma barra de 100 g)
40 g de nibs de cacau

Modo de preparo:

Preaqueça o forno a 180°C. Unte com manteiga uma forma quadrada de 20 cm e forre-a com papel alumínio, deixando sobrar um pouco em dois lados opostos, formando “alças”. Unte o papel alumínio também.

Em uma panela média, de fundo grosso, junte a manteiga e o chocolate e leve ao fogo baixo, mexendo sempre com uma espátula de silicone até que o chocolate esteja quase todo derretido. Retire do fogo e continue mexendo até que a misture fique toda derretida e uniforme.

Com um batedor de arame, incorpore o açúcar e a baunilha à mistura de chocolate. Teste a temperatura da massa com o dedo mínimo - se já estiver suportável, acrescente os ovos, um a um, mexendo bem a cada adição. A massa ficará brilhante e lustrosa.

Com uma espátula de silicone, incorpore à massa a farinha, o cacau, o fermento e o sal. Por fim, envolva o chocolate branco e os nibs de cacau.

 Espalhe a massa na forma preparada e alise a superfície. Asse por cerca de 20 minutos ou até o brownie firmar na superfície – faça o teste do palito: ele deve sair com migalhas bem úmidas.

Deixe esfriar completamente na forma sobre uma gradinha. Remova da assadeira usando as "alças" de papel alumínio e corte em quadrados para servir.

Observação final: 

Se você checar a receita original, verá que eu uso um método de preparo ligeiramente diferente do da Pat. Sinta-se à vontade para usar o que lhe parecer melhor!

Pfeffernüsse

sexta-feira, 24 de novembro de 2017

Esta era para ser uma das minhas postagens natalinas do ano passado, mas me enrolei tanto que ela ficou para agora, 24 de novembro de 2017, como testemunha do meu compromisso de algum dia fazer algo que lembre um especial de Natal. (Agora vai! Quem sabe, né?)

Mas, de verdade, ela não podia faltar no blog. Ou nas festas de fim de ano. É uma das mais fáceis e mais deliciosas receitas de biscoitos natalinos que eu já conheci. A textura é fofa, entre o biscoito e o bolo - lembra um pão de mel de antigamente. O gosto é incrivelmente complexo - há várias camadas de sabor que se casam perfeitamente e formam um treco de outro planeta, que a gente come suspirando. Pra vocês terem uma ideia, no ano passado, preparei 4 vezes em menos de 10 dias.

Uma dica importante: para obter o máximo dos seus biscoitos, aguente firme e só os prove completamente frios. É aí que a riqueza do sabor se revela. Receita matadora dela, o oráculo da comida boa, Pat Scarpin.

Pfeffernüssen
Receita daqui

Ingredientes:

315g de farinha de trigo comum
1/2 colher (chá) de noz-moscada em pó
1/2 colher (chá) de canela em pó
1/4 de colher (chá) de sal
1/4 de colher (chá) de bicarbonato de sódio
1/4 de colher (chá) de pimenta-da-jamaica em pó (também conhecida como allspice ou pimenta síria)
1/4 de colher (chá) de cravo-da-índia em pó
1/4 de colher (chá) de pimenta-do-reino moída
113g de manteiga sem sal em temperatura ambiente
131g de açúcar mascavo
80g de melado de cana
1 ovo grande em temperatura ambiente
1/2 colher (chá) de extrato de baunilha
1 xícara de açúcar de confeiteiro peneirado (provavelmente você usará bem menos, mas é bom ter sí por segurança)

Modo de preparo:

Preaqueça o forno a 180ºC. Forre duas assadeiras próprias para cookies com papel manteiga.

Em uma tigela média, misture a farinha, as especiarias, o sal e o bicarbonato com o auxílio de um fouet. Reserve.

Na tigela da batedeira, junte a manteiga, o açúcar mascavo e o melado. Bata em velocidade alta até obter um creme fofo e uniforme. Some então o ovo e a baunilha e bata de novo até homogeneizar.

Desligue a batedeira e raspe as laterais da tigela da batedeira com uma espátula de silicone. Adicione então os ingredientes secos. com a espátula, vá envolvendo tudo até obter uma massa bonita e lisa.

Modele bolinhas com porções de massa equivalentes a 1 colher de sopa (use a colher medidora ou uma cookie scoop com esta capacidade). Distribua na assadeira, deixando intervalos de 5 cm entre elas (no forno, eles se espalham um pouco).

Leve ao forno por 14 minutos ou até que os biscoitos fiquem crescidos e dourem levemente nas bordas (pra mim, 14 minutos deu certinho). Retire os biscoitos do forno e deixe esfriar ligeiramente.

Verta o açúcar de confeiteiro em uma tigelinha e vá passando os biscoitos ainda quentes, um a um, até cobri-los totalmente. Acomode-os numa grade e deixe lá até que fiquem completamente frios.

Acondicione em potes hermeticamente fechados ou embalagens bonitinhas, se quiser dá-los de presente. Rende 30 biscoitos.

Observações finais:

Não custa reforçar: qualquer especiaria que você rale ou moa na hora tem sabor muito mais intenso. Se você tiver a possibilidade de fazer isso, melhor para os seus biscoitos.

Bolo de cenoura vegano

domingo, 19 de novembro de 2017

Bolo de cenoura vegano
Cobertura de ganache - espessa e deliciosa!

É provável que, daqui até o Natal, você veja algumas receitas veganas por aqui. Não, eu não me tornei vegana. Pelo menos, não por enquanto.

É que eu estou me empenhando para incluir meus familiares veganos nas refeições festivas - e para apresentar aos não veganos pratos tão gostosos quanto aqueles que levam ingredientes de origem animal. Comunhão entre os diferentes - tem coisa mais natalina do que isso? ;-)

Bolo de cenoura vegano
Cobertura quebradiça de chocolate. É mais fluida, mas fica durinha depois de um tempo. 

A receita da vez é um bolo de cenoura. Um bolo de cor tão intensa que parece ter corante (mas é pura cenourice). É úmido, super saboroso, mais denso que um bolo de cenoura comum mas, ainda assim, macio.

Passa facinho por um bolo da vovó. Claro, se a vovó for vegana ou não tiver um ovinho sequer em casa ;-)

Bolo de cenoura vegano fatiado
Receita adaptada daqui

Ingredientes:

2 xícaras + 2 colheres de sopa de farinha de trigo
3/4 de colher de chá de fermento químico
3/4 de colher de chá de bicarbonato de sódio
1 pitada de sal
1 1/2 xícaras de açúcar demerara
1/2 xícara (chá) de chá de especiarias (fiz o meu com um saquinho de chá de maçã com cravo e canela)
1/2 xícara de óleo vegetal de sabor suave (usei canola)
1 colher (chá) de extrato de baunilha
1 colher de chá de vinagre de maçã
300 g de cenouras sem casca e picadas em pedaços pequenos

Modo de preparo:

Preaqueça o forno a 180ºC. Unte com óleo e polvilhe com farinha de trigo a forma que pretende usar (uma forma de bolo inglês com 23 cm X 6,5 cm X 10 cm é suficiente).

Em uma tigela grande, peneire juntos a farinha, o fermento, o bicarbonato e o sal e misture bem com um fouet.

No liquidificador, bata o restante dos ingredientes por uns 5 minutos ou até obter uma mistura homogênea.

Junte a mistura líquida à seca e mexa somente até a massa ficar homogênea.

Verta a massa na forma preparada e asse até o bolo passar no teste do palito.

Deixe esfriar na forma completamente antes de servir.

Bolo de cenoura vegano fatiado
Olha os quebradinhos da cobertura no topo do bolo! Nhammmm

Observações finais:

* Como eu sou sua amiga, vou dar duas opções de cobertura pra você: ganache e aquela cobertura de chocolate quebradiça que a gente adora.

Para a ganache, junte em uma tigela 170 g de chocolate amargo (sem ingredientes de origem animal), 1/4 de xícara de leite de coco e 2 colheres (sopa) de xarope de bordo. Derreta em banho-maria ou no micro-ondas, em intervalos de 15 segundos. Mexa até homogeneizar. Tchanan! Pode cobrir o bolo.

Para a cobertura quebradiça, junte em uma panelinha 3 colheres (sopa) de óleo de coco, 4 colheres (sopa) de leite de coco e 1 1/2 colheres (sopa) de cacau em pó. Leve ao fogo mexendo sempre até ferver. Desligue o fogo e acrescente 1/2 colher (chá) de extrato de baunilha e, aos poucos, 1 1/4 de xícara de açúcar impalpável, misturando bem até ficar uniforme. Tchanan! Pode cobrir o bolo.

* Nunca ouviu falar em açúcar impalpável? Eu também não tinha ouvido falar até um tempo atrás. Ele é uma mistura de açúcar super fino e um pouco de amido de milho. Para fazer, pulse no processador 1 xícara de açúcar demerara com 1 colher (sopa) de amido de milho até o açúcar ficar beeeem fininho.

Brownies de Snickers e amendoins

terça-feira, 14 de novembro de 2017

Brownies com snickers e amendoim

Vamos continuar falando de amendoim? ;-D

Conheci estes brownies em uma postagem antiga do TK, da querida Patricia (que, por sinal, fez aniversário ontem - parabéns, minha musa e oráculo!). Além de ficarem bonitos, de formarem casquinha fininha e quebradiça, de serem fudgy do jeito que a gente gosta... bom, gente, chocolate e amendoim, né? Match made in heaven.

Ah, recomendo servi-los em alguma ocasião em que haja muita gente para saboreá-los - a receita rende bastante!

Brownies com snickers e amendoim
Receita daqui

Ingredientes:

225 g de chocolate meio-amargo ou amargo, picado – usei um com 73% de cacau
¾ xícara (170 g) de manteiga sem sal, temperatura ambiente
4 ovos grandes
1 xícara (200 g) de açúcar
2/3 xícara (116 g) de açúcar mascavo claro – aperte-o na xícara na hora de medir
2 colheres (chá) de extrato de baunilha
1/8 colher (chá) de sal
1 xícara + 2 colheres de sopa (160g) de farinha de trigo
1 xícara de amendoins, sem a pele, tostados e salgados
2 barrinhas (52g cada) de Snickers, picadas – separe os pedacinhos uns dos outros antes de adicionar à massa

Modo de preparo:

Preaqueça o forno a 180°C. Unte levemente com manteiga uma forma retangular de 20x30cm, forre-a com papel alumínio deixando sobrar em dois lados opostos, formando “alças”, e unte o papel também.

Coloque o chocolate e a manteiga em uma panela média, de fundo grosso, e leve ao fogo baixo, mexendo sempre com uma espátula de silicone até que a manteiga e quase todo o chocolate tenham derretido. Desligue o fogo e continue mexendo até o chocolate terminar se derreter e a mistura ficar uniforme.

Junte à mistura de chocolate os açúcares, a baunilha e o sal. Mexa bem até que os ingredientes se incorporem. Teste a temperatura da mistura mergulhando nela a ponta do dedo mínimo - se estiver morna, acrescente os ovos, um a um, mexendo vigorosamente a cada adição. A massa ficará lisa e lustrosa.

Incorpore então a farinha de trigo. Por fim, envolva os pedaços de Snickers e os amendoins.

Despeje a massa na forma preparada e alise a superfície. Asse por cerca de 30 minutos ou até que os brownies tenham começado a firmar nas laterais da forma e, ao inserir um palito no centro da asasdeira, este saia com migalhas úmidas. Retire do forno e deixe esfriar completamente na forma sobre uma gradinha.

Corte em quadrados para servir.

Observação final:

Se você checar a receita original, verá que eu uso um método de preparo diferente do da Pat. Escolha aquele com o qual você se sente mais confortável e toque o barco!

Pé de moça

quinta-feira, 9 de novembro de 2017

Pé-de-moça

Acha que o brigadeiro é o rei dos docinhos mas não abre mão de um bom pé de moleque? Este é o doce pra você: pé de moça.

Imagino que o nome seja uma combinação do nome do tradicional docinho de amendoim com o do  leite condensado que faz os melhores brigadeiros. Eu o conheci com a Lu Goto, de quem já falei aqui um montão de vezes.

Pé-de-moça de perto

Só preciso alertar você para dois fatos:

1) A Lu recomenda untar levemente a faca antes de cortar o doce. Unte mesmo. E prepare os seus nervos, se você tem agonia de doce grudento, pois esse é um deles (mas não se preocupe, você corta rapidinho e o resultado compensa);

2) Assim que provar o primeiro, leve o restante pra compartilhar com outras pessoas ou você corre o risco de comer tudo sozinho. Eu avisei, hein? ;-)

Pé-de-moça mordido
Receita daqui

Ingredientes:

300 g de amendoim sem casca, torrado
6 colheres (sopa) de açúcar mascavo
1 lata de leite condensado
1 colher (sopa) de manteiga sem sal
1 colher (sopa) de chocolate em pó
Açúcar refinado para envolver os docinhos

Modo de preparo:

Forre com papel manteiga o fundo e as laterais de uma assadeira retangular pequena (21 x 31 cm). Unte o papel manteiga.

Numa panela média de fundo grosso, junte a manteiga e o açúcar mascavo. Mexa em fogo baixo até que os dois se combinem e virem um caramelo. Adicione os amendoins e misture rapidamente para não deixar queimar.

Adicione o leite condensado, seguido do chocolate em pó (a panela vai chiar - não se assuste, é assim mesmo). Mexa sem parar até desgrudar do fundo da panela.

Despeje o doce na assadeira preparada. Espalhe e alise a superfície com o auxílio de uma colher ou de uma espátula de silicone. Cubra-o com filme plástico e, com cuidado para não se queimar, aplaine-o mais um pouco com as mãos. Leve para gelar por pelo menos 1 hora (eu deixei de um dia para o outro).

Retire o doce da geladeira. Remova o filme plástico e, com o auxílio do papel manteiga, remova-o da assadeira para a tábua de corte ou superfície de trabalho. Unte levemente uma faca grande e corte-o em quadradinhos.

Em um prato fundo, coloque um pouco de açúcar refinado. Envolva cada pedacinho no açúcar que fique coberto por todos os lados. Vá completando o açúcar do prato conforme a necessidade.

Rendimento: Depende do tamanho que você cortar. Para a Lu, que é  comedida, foram 32 pedaços. Para mim, 16.

Bolo de milho verde e coco

sábado, 4 de novembro de 2017

Preparei este bolo para a conclusão de uma semana temática na escola das crianças - depois de dias explorando o assunto "desperdício/aproveitamento integral dos alimentos", eles encerraram as atividades com um piquenique.

Quem escolheu o que levar foi o Gabriel, e ele foi categórico: bolo de milho. Para não ter erro, segui a receita enviada pela equipe de nutrição da escolinha. Receita esta que foi adaptada de uma outra que saiu daqui no blog :-D

E o que dizer do bolo?  Sei que ficou cheiroso, fofinho e não muito doce, já que leva pouco açúcar. Mas não pude provar, já que o mandei inteirinho para a escola. Mas meu filhote foi muito efusivo: "estava maravilhoso, mamãe". Ó, se eu fosse vocês, confiaria no paladar dele, o bichinho é exigente ;-)

Bolo de milho de escolinha.
Receita livremente adaptada daqui

Ingredientes:

5 espigas de milho verde
1 1/2 xícaras de fubá
1 xícara de açúcar demerara
200 mL de leite de coco
1/2 xícara de óleo vegetal
3 ovos
1 pitada de sal
1 colher (sopa) de fermento químico em pó

Modo de preparo:

Preaqueça o forno a 180ºC. Unte e polvilhe com fubá uma forma de anel média.

Higienize as espigas de milho, eliminando os cabelinhos com o auxílio de uma escovinha.

Apoie uma espiga sobre uma tigela grande e, com uma faca, corte os grãos rente ao sabugo. Repita o procedimento com as demais.

No liquidificador, junte os grãos de milho, os ovos, o leite de coco e o óleo e bata muito bem, por uns 2 minutos. Acrescente o açúcar e uma pitada de sal e bata até que o açúcar dissolva completamente (o açúcar demerara tem grãos maiores, capriche!).

Adicione o fubá e bata até que fique homogêneo. Por fim, acrescente o fermento e pulse rapidamente, só para misturar.

Verta a massa na forma preparada e leve para assar até que o bolo fique com a superfície dourada e passe no teste do palito.

Printfriendly